4 de abril de 2016

Verdade!


De todos os amores: o próprio, 
é o único que conheço a procedência
 e a reciprocidade de que é feito.

______Bibiana Benites