31 de janeiro de 2014


"Relacionamentos que dão certo, foram construídos com valores nobres e sobre bases sólidas. Ambos tem um papel fundamental nesta construção. Relacionamentos não sobrevivem quando apenas um se doa..."

__________K.G. 

30 de janeiro de 2014

♣ ♣ ♣


"Tempo: Vim te agradecer pelas perdas (necessárias)
e pelos ganhos (merecidos)."

__________Bibiana Benites

29 de janeiro de 2014

Sempre... ♡


"Sempre é você. Nos casais, nas novelas, nos filmes, 
nos folhetins, nas frases, nas músicas, nos lugares.
 Ando por aí, te imaginando."

__________ Pedro Pinheiro


"Te transformei em saudade, passarinho ou estrela. 
Nessas coisas que sorrio quando lembro...."

__________Vanessa Leonardi

28 de janeiro de 2014

❀~~


''Cuide dos presentes que a vida te dá. 
Na grande maioria das vezes o que você vai ter
 de mais valioso na vida, o dinheiro não pode comprar. ''

_________Daniel Cajueiro 

27 de janeiro de 2014

Abraço...


"Abraço é coisa tão séria que não se empresta, 
se dá. E quando os corpos se encostam, 
todos os chakras se tocam. 
Abraço é coisa tão séria que junta os dois 
corações: pode ecoar para sempre ou 
esvaziar por inteiro. 
Pois quando a gente abraça, traz para dentro a pessoa: 
com bagagem, passado, infância, viagens 
e o principal: seu perfume espiritual. 
E o que recebemos nem sempre é o que damos,
 por isso alguns são afagos que nutrem por um
 longo tempo e outros, desespero pra matar 
a fome, um devoramento. Recuso abraçar 
levianamente, abraço com meu enrosco de 
afeto demais, amor puro, corpo colado para o 
abraço ser sentido, ter sentido. 
Abraço que é de verdade pode até ser dado de
 longe, pois ultrapassa as esferas e desconhece 
distâncias, é todo feito de encontro. 
Abraço é coisa tão séria que há de ser doce, 
leve, divertido, espontâneo, mesmo quando 
acalanto, colo ou celebração. 
A gente agarra por impulso de carinho porque 
a sintonia é a mesma. E quando o abraço termina, 
quando ele é dado de graça, fica a cosquinha 
no peito, uma brisinha na alma e a harmonia instalada."


___________Marla de Queiroz

26 de janeiro de 2014


“Amor não é medicamento. Se você está deprimido, histérico ou ansioso demais, o amor não se aproximará, e, caso o faça, vai frustar sua expectativa, porque o amor quer ser recebido com saúde e leveza, ele não suporta a ideia de ser ingerido de quatro em quatro horas, como um antibiótico para combater as bactérias da solidão e da falta de auto-estima. Você já ouviu muitas vezes alguém dizer: “Quando eu menos esperava, quando eu havia desistido de procurar, o amor apareceu”. Claro, o amor não é bobo, quer ser bem tratado, por isso escolhe as pessoas que, antes de tudo, tratam bem a si mesmas.”

_________ Martha Medeiros

25 de janeiro de 2014


No momento em que partimos em busca do amor,
 ele também parte ao nosso encontro."

__________Paulo Coelho

24 de janeiro de 2014


“Os momentos mágicos são efêmeros, mas são justamente os que nos tiram o fôlego. São aqueles segundos dourados onde você experimenta uma espécie de êxtase. Um beijo, um olhar, um pôr do Sol, uma boa notícia, uma onda perfeita, uma palavra bonita, um aroma, um toque... Mas o mais importante: esteja atento, usufrua e valorize esses momentos. Porque muitas vezes eles passam e você nem percebe. A vida pulsa agora...” 

_______ByNina 

23 de janeiro de 2014

...


"Felicidade é o outro nome da consciência tranquila..."

________André Luiz, por Chico Xavier

22 de janeiro de 2014


"Mas se a ciência provar o contrário, e se o calendário nos contrariar, mas se o destino insistir em nos separar; danem-se os astros, os autos, os signos, os dogmas, os búzios, as bulas, anúncios, tratados, ciganas, projetos, sinopses, espelhos, conselhos, que se dane o evangelho e todos os orixás, serás o meu amor, serás a minha paz."

_________Chico Buarque ~Dueto

21 de janeiro de 2014

...


Eu não queria nada disso. 
Eu queria estar contigo, e só. 
Principalmente hoje,

___________Esteban Tavares 

20 de janeiro de 2014

19 de janeiro de 2014


Se tiveres o amor enraizado em ti, 
nenhuma coisa senão o amor serão os teus frutos.

________Santo Agostinho

18 de janeiro de 2014

Saudade...


"Saudade não é um bom motivo para ter de volta as pessoas que você tratou com descaso enquanto estavam do seu lado."

___________Gabito Nunes 

17 de janeiro de 2014

...


É como se mil pessoas se importassem com você, 
menos uma. E, de alguma forma, era a única 
que você necessitava que se importasse.

__________Caio Fernando de Abreu 

16 de janeiro de 2014

^^


"Eu ando na minha, quieta. Parece que desisti,
 mas na verdade esse é o meu jeito de esperar."

__________Gabito Nunes 

15 de janeiro de 2014

...


"Assim como protegemos nossa felicidade, 
temos também que proteger nossa infelicidade. 
Não há nada mais desgastante do que uma alegria forçada. 
Se você está infeliz, recolha-se, não suba ao palco. 
Disfarçar a dor é ainda maior."

_________Martha Medeiros

14 de janeiro de 2014

...


"Você me deu todos os motivos para desistir. 
Eu te darei todos os motivos para se arrepender."

________Tati Bernardi

13 de janeiro de 2014

...


"A vida, entendeu, era bem parecida com uma música. 
No começo, há mistério, e no final, confirmação, 
mas é no meio que reside a emoção e faz com 
que a coisa toda valha a pena." 

_________Nicholas Sparks 

12 de janeiro de 2014

...



Eu sei que ele existe. Alguma parte de mim ainda não deixou de acreditar. Conheci amores errados. Me entreguei em mãos que não souberam me tratar como merecia. Passei por cima de mim muitas vezes. Ultrapassei meus limites. Matei algumas expectativas e reconstruí outras. A gente aprende a esperar de quem também quer o mesmo. Do contrário, é sempre sofrimento. Eu sei que ele virá até mim quando eu estiver distraída ou preocupada com outras questões da vida. Naquele dia em que eu estiver fraca e sem esperança. Naquele dia em que eu não mais querer falar ou escrever coisas sobre o amor. Eu sei que ele virá para unir o seu vazio junto ao meu. Para estar preso a mim por vontade. Para mudar a minha vida preto e branco. Para dar voz aquilo que eu não pronunciei com palavras. Pra confundir sua risada com a minha. Um amor assim, pra sempre.

___________Simony Thomazini

11 de janeiro de 2014

Reinauguração...


Reinauguração...

“Entre o gasto Dezembro e o florido Janeiro, entre a desmistificação e a expectativa, tornamos a acreditar, a ser bons meninos, e como bons meninos aguardamos a graça dos presentes coloridos.

Nossa idade – velho ou moço – pouco importa. Importa é nos sentirmos vivos e revestidos de beleza, a exata beleza que vem dos gestos espontâneos e do profundo instinto de subsistir enquanto as coisas em redor se derretem e somem como nuvens errantes no universo estável.

Prosseguimos. Reinauguramos. Abrimos os olhos a um sol diferente que nos acorda para os descobrimentos. Esta é a magia do tempo. Esta é a colheita particular que se exprime no cálido abraço e no beijo comungante, no acreditar na vida e na doação de vivê-la em perpétua procura e perpétua criação.

E já não somos apenas finitos e sós. Somos uma fraternidade, um território, um país que começa outra vez e desenvolve na luz o seu frágil projeto de felicidade.”

_____________Carlos Drummond de Andrade

10 de janeiro de 2014


"Poderíamos casar, teríamos um apartamento, tomaríamos café as cinco da tarde, discordaríamos quanto a cor das cortinas, não arrumaríamos a cama diariamente, a geladeira seria repleta de congelados e coca-cola, o armário, de porcarias, adiaríamos o despertador umas trinta vezes, sentaríamos na sala de pijama e pantufas, sairíamos pra jantar em dia de chuva e chegaríamos encharcados, nos beijaríamos no meio de alguma frase, você pegaria no sono com a mão no meu cabelo e eu, escutando sua respiração. Eu riria sem motivo e você perguntaria porque, eu não responderia, saberíamos."

__________Caio Fernando Abreu

9 de janeiro de 2014

^^)


Tem dias que Deus caminha comigo... eu sei.
Tem outros que ele me carrega no colo, eu sinto. 

_________Joelma Rocha

8 de janeiro de 2014

♥ ...para jogar vídeo game.


Quero um amor sossegado. 
Alguém para me abraçar, assistir um filme,
 jogar baralho, viajar, conversar, contar o dia, 
fazer cafuné, dar apoio, confortar. 
Quero troca, carinho, respeito, cumplicidade. 
O amor é uma amizade sem inveja. 
É um sonho com realidade. 
É uma realidade sem photoshop. 
O amor é um abraço apertado, 
um olhar que se encontra, 
um silêncio que não incomoda, 
um barulho de onda, um gosto bom. 
Não tem serenata, mas tem bilhetinho 
dentro da bolsa. E rotina, cansaço, discussão,
 divergências de opinião. Mas, acima de tudo, 
tem paciência. E vontade.

___________Clarissa Corrêa

7 de janeiro de 2014

♥ ♥


AFINIDADE...

A afinidade não é o mais brilhante, mas o mais sutil,
 delicado e penetrante dos sentimentos. 
O mais independente. 
Não importa o tempo, a ausência, os adiamentos,
 as distâncias, as impossibilidades. 
Quando há afinidade, qualquer reencontro retoma 
a relação, o diálogo, a conversa, o afeto, 
no exato ponto em que foi interrompido. 
Afinidade é não haver tempo mediando a vida. 
É uma vitória do adivinhado sobre o real.
Do subjetivo sobre o objetivo.
Do permanente sobre o passageiro.
Do básico sobre o superficial.
Ter afinidade é muito raro. 
Mas quando existe não precisa de códigos 
verbais para se manifestar.
Existia antes do conhecimento, irradia durante 
e permanece depois que as pessoas deixaram de estar juntas.
O que você tem dificuldade de expressar a um não afim, sai simples e claro diante de alguém com quem você tem afinidade. 
Afinidade é ficar longe pensando parecido a respeito dos 
mesmos fatos que impressionam, comovem ou mobilizam.
É ficar conversando sem trocar palavra.
É receber o que vem do outro com aceitação 
anterior ao entendimento. 
Afinidade é sentir com.
Nem sentir contra, nem sentir para, 
nem sentir por, nem sentir pelo.
Quanta gente ama loucamente, mas sente contra o ser amado.
Quantos amam e sentem para o ser amado,
 não para eles próprios. 
Sentir com é não ter necessidade de explicar o que está sentindo.
É olhar e perceber.
É mais calar do que falar.
Ou quando é falar, jamais explicar, apenas afirmar. 
Afinidade é jamais sentir por.
Quem sente por, confunde afinidade com masoquismo.
Mas quem sente com, avalia sem se contaminar.
Compreende sem ocupar o lugar do outro.
Aceita para poder questionar.
Quem não tem afinidade, questiona por não aceitar. 
Só entra em relação rica e saudável com o outro, 
quem aceita para poder questionar.
Não sei se sou claro: quem aceita para poder 
questionar, não nega ao outro a possibilidade de ser 
o que é, como é, da maneira que é.
E, aceitando-o, aí sim, pode questionar, 
até duramente, se for o caso.
Isso é afinidade.
Mas o habitual é vermos alguém questionar porque 
não aceita o outro como ele é. Por isso, aliás, questiona.
Questionamento de afins, eis a (in) fluência.
Questionamento de não afins, eis a guerra. 
A afinidade não precisa do amor. 
Pode existir com ou sem ele.
Independente dele. 
Os quilômetros de distância.
Na maneira de falar, de escrever,
 de andar, de respirar.
Há afinidade por pessoas a quem apenas vemos passar, por vizinhos com quem nunca falamos e de quem nada sabemos.
Há afinidade com pessoas de outros continentes 
a quem nunca vemos, veremos ou falaremos. 
Quem pode afirmar que, durante o sono, 
fluidos nossos não saem para buscar sintomas com pessoas distantes, com amigos a quem não vemos, 
com amores latentes, com irmãos do não vivido? 
A afinidade é singular, discreta e independente, 
porque não precisa do tempo para existir.
Vinte anos sem ver aquela pessoa com quem 
se estabeleceu o vínculo da afinidade!
No dia em que a vir de novo, você vai 
prosseguir a relação exatamente do ponto em que parou.
Afinidade é a adivinhação de essências não
 conhecidas nem pelas pessoas que as tem. 
Por prescindir do tempo e ser a ele superior, a afinidade vence a morte, porque cada um de nós traz afinidades ancestrais com a experiência da espécie no inconsciente.
Ela se prolonga nas células dos que nascem de nós, 
para encontrar sintonias futuras nas quais estaremos presentes. 
Sensível é a afinidade.
É exigente, apenas de que as pessoas evoluam parecidas.
Que a erosão, amadurecimento ou aperfeiçoamento
 sejam do mesmo grau, porque o que define a 
afinidade é a sua existência também depois. 
Aquele ou aquela de quem você foi tão amigo 
ou amado, e anos depois encontra com
 saudade ou alegria, mas percebe que não vai 
conseguir restituir o clima afetivo de antes, 
é alguém com quem a afinidade foi temporária.
E afinidade real não é temporária. É supratemporal.
Nada mais doloroso que contemplar afinidade morta, 
ou a ilusão de que as vivências daquela época eram afinidade.
A pessoa mudou, transformou-se por outros meios.
A vida passou por ela e fizeram tempestades, 
chuvas, plantios de resultado diverso. 
Afinidade é ter perdas semelhantes e iguais 
esperanças, é conversar no silêncio, tanto das possibilidades exercidas, quantos das impossibilidades vividas. 
Afinidade é retomar a relação do ponto em 
que parou, sem lamentar o tempo da separação.
Porque tempo e separação nunca existiram.
Foram apenas a oportunidade dada (tirada) pela vida,
 para que a maturação comum pudesse se dar.
E para que cada pessoa pudesse e possa ser,
cada vez mais, a expressão do outro sob a forma 
ampliada e refletida do eu individual aprimorado.

__________Arthur da Távola

6 de janeiro de 2014

5 de janeiro de 2014


"Alguns dos melhores momentos da vida a gente 
experimenta de olhos fechados, tudo o que acontece dá 
para imaginar… Tudo o que se imagina, pode acontecer."

_________Cecília Meireles 

3 de janeiro de 2014


"Quero ter certeza, ali no fundo da alma dele, 
de que ele me ama. Quero que ele saia correndo 
quando meu peito amargurado precisar de riso.
 Que ele esqueça, de vez em quando,
 seu lado egoísta, e lembre do meu. 
Que a gente brigue de ciúmes, porque ciúmes 
faz parte da paixão, e que faça as pazes rapidamente, porque paz faz parte do amor. 
Quero ser lembrada em horários malucos, 
todos os horários, pra sempre."

____________Tati Bernardi

2 de janeiro de 2014

^^


"Que o tempo nos permita alguns reencontros, 
porque é bom sentir sempre mais uma vez... "

__________Tati Bernardi

1 de janeiro de 2014

Ano novinho em folha!!!


"Que o ano seja feito de segundos, vividos um a um, e não apenas de meses, semanas ou dias riscados no calendário; que os dias não sejam só expedientes de onde queremos fugir, pois não se pode fugir do tempo. 

Que não sejam somente números as vinte e quatro horas de cada dia, nem sua passagem a espera pelo sábado ou o domingo, que apenas renovam esta verdade: a natureza não sabe os nomes do tempo.

Que o ano seja feito de dúvidas e incertezas, que são as duas metades da esperança, pois a certeza esquece que a fé pode ser maior do que aquilo que está para acontecer, e a fé transforma os homens, que transformam as coisas e os dias.

Que o ano seja sempre melhor do que poderia ter sido nos nossos desejos passados, e que os votos para o ano novo nos últimos dias de Dezembro, se transformem em verdade.

Que o ano que começa seja para “fazer o mundo feliz” – seja lá o que isso for –, mas também para mudar as certezas, realizar novos planos, e para que esses planos e essas certezas sejam maneiras de melhorar a vida, pois é a vida – seja lá o que isso for – o sentido de tudo."

____________Weydson Barros Leal