10 de março de 2013

^ ^)



Minha dor é velha
Como um frasco de essência cheio de pó.
Minha dor é inútil
Como uma gaiola numa terra onde não há aves,
E minha dor é silenciosa e triste
Como a parte da praia onde o mar não chega.

______Álvaro de Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por borboletar aqui!