27 de fevereiro de 2013



AMOR é dádiva, AMAR é doação.
Amar não é ter posse, é pertencer. É mais do que simplesmente lembrar, é quando a pessoa já faz parte da gente, e não importa onde esteja, a presença se faz constante. Quando não levamos pela mão, levamos no peito, seguro, protegido. Onde não há concorrência, onde não se tem opção, se tem uma escolha.
 É quando a palavra aconchego ganha forma de braços, e os passos seguem o mesmo horizonte. É quando você sabe onde 
está o colo que te acalma, o sorriso que te ilumina, o olhar que
 te compreende, a voz que manda todas incertezas pra longe.
 Não é só abraço físico, é abraçar as causas, abraçar a dor, é cumplicidade. Amar é entrega sem medo, é confiança, é doação...”

________ Ane Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por borboletar aqui!