18 de fevereiro de 2013

^ ^)



A esperança não murcha, ela não cansa,
também como ela não sucumbe a crença.
Vão-se sonhos nas asas da descrença,
voltam sonhos nas asas da esperança.

 ______Augusto dos Anjos

2 comentários:

Obrigada por borboletar aqui!