28 de dezembro de 2012

...



Lembranças e expectativas disputam o melhor lugar dentro de mim. Ambas querem ocupar cada pedaço, marcar território, prevalecer. É duro ter que organizar cada cantinho, arquivar o que não faz mais sentido e permitir que fiquem livres as ilusões que merecem uma chance. O espaço que existe dentro de nós é terra de ninguém. Quem dera houvesse um meio de criar o modelo ideal e determinar o lugar certo pra cada sentimento. Garantir que ninguém se mova além do permitido. Às vezes as vontades se atropelam, as histórias se acumulam e o espaço fica pequeno demais para abrigar tanta coisa. Volta e meia o passado cobra minhas escolhas e o futuro me testa; quer ver se tenho habilidade para me reinventar. Peno para acalmar os ânimos de tantas sensações amontoadas. Dou meu jeito. Ajeito. Acredito: sempre há jeito!

______Fernanda Gaona

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por borboletar aqui!