25 de junho de 2012

Eu espero...


Espero que nossa urgência de viver não 
apague as palavras com muitas sílabas.
 Espero que nossa pressa de chegar não nos deixe cegos para a paisagem, surdos para o silêncio, cansados para abstrações.

 ______Humberto Gessinger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por borboletar aqui!