22 de maio de 2012

Uma vontade de voar...


Acontecem coisas estranhas quando 
estou num espaço muito amplo.
Uma vontade de voar, parece que 
bastaria abrir os braços para 
fundir-me com o céu.
Ao mesmo tempo, dá vontade também
de ficar na terra, e viver,
viver muito, com todas as
miudezas do cotidiano.
Impressão de ser maior que tudo,
sensação de força, certeza de vitória,
vitória tão certa e fácil como 
as coisas da natureza que se mostram ali.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por borboletar aqui!