20 de maio de 2012

...


Não há sentido: 
melhor escapar deixando uma lembrança
qualquer, lenço esquecido numa gaveta, 
camisa jogada na cadeira, uma fotografia - 
qualquer coisa que depois de muito tempo a gente possa olhar e sorrir, mesmo sem saber por quê.

_________Caio Fernando Abreu


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por borboletar aqui!