27 de abril de 2012

 

Não me constranjo de sentir-me alegre,
De amar a vida assim, por mais que ela nos minta.

_________Mário Quintana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por borboletar aqui!