4 de março de 2012

 
"A vida pousa em minhas mãos. Algo novo se presencia.
Um lugar, um poema, uma frase, uma música, um sonho...
Sou eu me renovando em meus passos, renovando minhas cores.
Deixando meus ombros livres para o pouso das borboletas..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por borboletar aqui!