16 de outubro de 2011

"Sabe o que quero de verdade?
Jamais perder a sensibilidade.
Mesmo que às vezes ela arranhe
um pouco a alma.
Porque sem ela, não poderia mais
sentir a mim mesma."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por borboletar aqui!