19 de outubro de 2011

Que seja lento, que seja único, mas que seja nosso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por borboletar aqui!