21 de outubro de 2011

(...)Com o tempo você aprende que as coisas
não te ferem mais como antigamente,
porque é dentro de você que as coisas
permanecem intactas e bonitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por borboletar aqui!